19 de mai de 2009

...Orgânicos ?

http://3.bp.blogspot.com/_1QaD-bkXwok/TKC4RgBavnI/AAAAAAAABgc/kSDE3_9YmVo/s1600/alimentos_organicos.jpg

 Alimentos orgânicos são sempre a melhor opção ?

Não necessariamente. Carne, laticínios, ovos, frutas e vegetais orgânicos são bons porque não contêm antibióticos, hormônios ou pesticidas e fertilizantes sintéticos, além de serem produzidos de um modo sustentável, sem agredir o solo ou o planeta.
Ainda assim, os alimentos orgânicos nem sempre são a melhor opção. Eles podem ser produzidos mais longe do que os alimentos convencionais, o que faz com que seja necessário gerar muito combustível fóssil para que cheguem até você - o que tem grande impacto no meio ambiente.
Frutas como abacate, melancia, melão e banana têm cascas grossas que deixam passar pouco pesticida e podem ser retiradas na hora de consumir. Além disso, os alimentos convencionais costumam ser mais baratos - e se produzidos localmente, mais frescos também!
A dica é comprar sempre alimentos locais. Se eles puderem ser também orgânicos, melhor ainda!

Se todos plantarem muitas árvores, o aquecimento global será revertido
Todo mundo sabe que, ao 'respirar', as florestas ajudam a diminuir a temperatura e a quantidade de poluentes do ar e que suas folhas absorvem a luz do Sol, ajudando a resfriar o planeta. Por causa disso, a maioria das pessoas acredita que plantar árvores pode ajudar a reverter o aquecimento global. Na verdade, isso depende de onde essas árvores serão plantadas. Florestas nas zonas equatoriais são de grande ajuda porque absorvem (ou seqüestram) CO2, o que ajuda a diminuir a temperatura global; já aquelas localizadas longe desta área têm pouco ou nenhum impacto na mudança climática. Na verdade, quanto mais longe estas florestas estiverem do Equador, mais elas tentarão reter calor, elevando a temperatura do ambiente.
Ao apoiar um programa de reflorestamento ou de compensação de emissão de carbono, informe-se antes sobre o lugar onde as árvores serão plantadas. Uma saída é apoiar entidades que lutam contra o desmatamento das florestas tropicais e equatoriais.
E lembre-se: estamos falando de grandes extensões de flosretas. É sempre bom deixar sua comunidade mais verde e bonita ao plantar algumas árvores.

Viver uma vida verde é muito caro
Ser verde não significa consumir um monte de produtos ecológicos. Não consumir é sempre uma alternativa - a melhor. Na verdade, viver uma vida verde e viver uma vida simples é quase a mesma coisa.
Há um monte de coisas que você pode fazer que deixarão sua vida mais verde e mais barata:
- Diminuir o ar-condicionado e colocar uma roupa mais fresco (ou o contrário: diminuir o aquecedor e vestir roupas mais quentes)
- Ser mais econômico na hora das compras, cozinhando mais em casa e consumindo menos produtos industrializados
- Consumir menos carne
- Comprar mais em lojas de segunda mão. Vale tudo: brinquedos, roupas, móveis...
- Se inscrever na biblioteca pública
- Tirando equipamentos eletrônicos que não estão em uso da tomada
- Se tiver que comprar algo novo (tente antes consertar, trocar, comprar de segunda mão...), dê preferência para itens de qualidade, que durarão mais. Dispense os 'descartáveis'.
- Economizar água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhar