28 de out de 2009

Imposto sobre flatulência

http://3.bp.blogspot.com/_4F5BWgVPJtI/SHKNwRvRKqI/AAAAAAAAAB4/8mchYmm9Xag/s320/flatulencia.jpg

Milhares de pequenos criadores de gado neozelandeses respiraram aliviados hoje, depois que o Governo anunciou que desistiu da idéia de um imposto sobre a flatulência dos animais. "No lugar de esmagar os produtores com impostos vamos incentivar a pesquisa e as ajudas ao desenvolvimento, dentro das regras gerais que serão anunciada na quinta-feira", anunciou o ministro de Pesquisa, Ciência e Tecnologia, Pete Hodgson. Os pecuaristas já haviam dito que o projeto do governo iria arruinar os pequenos proprietários do setor. A medida estudada e descartada propunha taxá-los entre US$ 2 e US$ 30, respectivamente, por cada ovelha (que são mais de 43 milhões no país) e vaca (12 milhões). O imposto seria cobrado como forma de reparação pelo gás metano expelido pelos animais durante ou processo digestivo. O gás proveniente das feses representa a metade do total de gás metano que a Nova Zelândia emite, e que causa o efeito estufa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhar