14 de set de 2009

Manual da cola

http://1.bp.blogspot.com/_8KoSiSu5qx4/SKD7Njv4dJI/AAAAAAAAAH8/c0C9hw3xiIE/s400/cola.jpg

GLOSSÁRIO:

- COLANTE: Aquele que cola;
- COLADO: Vítima do colante, na maioria das vezes ele também ajuda na hora da cola;
- OTÁRIO: Fiscal ou professor que nem percebeu que você estava colando;
- BURRO: É você quando o OTÁRIO te pega colando;
- #*³Í­Y J ¼ m ó : Algumas palavras que você vai dizer quando for pego;
- ENCRENCA: O significado você vai saber depois que for pego;
- FUDIDO: Jeito que você vai ficar depois de ser pego;

TIPOS MAIS SIMPLES DE COLA:

- MÉTODO OLHÃO: Na hora da prova, como se você fosse a pessoa mais inocente do mundo, meio sem querer, deixe seu olho escorregar "inocentemente" por sobre a cola do vizinho, é importante lembrar que para isso você precisa ter uma boa memória para decorar pelo menos metade da prova.
- MÉTODO BORRACHA: Esse é o método mais popular e talvez o mais usado. Consiste em; Usa-se uma borracha Faber-Castell verde, nela copia-se tudo o que der da prova e então passa-se para o COLANTE;
- BORRACHA MÃO-EM-MÃO, OLHO-EM-OLHO: A borracha vai passando de mão-em-mão até o colante destinatário, e nesse percurso também passa de olho-em-olho por todos o que nela pegaram;
- BORRACHA VOADORA: A borracha sai "voando" de um canto a outra pela sala.
- BORRACHA CORREDORA: A borracha "corre" por entre as carteiras até chegar ao destinatário.
- MÉTODO PAPEL: Semelhante o da borracha, porém com um papelzinho.
- MÉTODO DO RESUMO-AMIGO: O colante deve fazer um resumo da matéria correspondente e "esquecê-lo" debaixo da carteira;
- MÉTODO NO CORPO: Copia-se o que puder (e o que não puder também) da matéria nas mãos, antebraços, braços, cotovelos, ombros, coxas, panturrilhas, pés, virilha , nádegas, etc. e faz-se algumas consultas na hora da prova. (chamado também de MÉTODO DO DESESPERADO. Porém não o aconselho a usá-lo, pois se você errar na hora de escrever,não vai entender nada KKKKK…)

TIPOS MAIS ARRISCADOS DE COLA:

- SINALIZADOR: COLANTE e COLADO combinam em inventar um alfabeto (semelhando o dos surdos), para discutirem questões vitais na hora da prova sem que não atrapalhe a concentrações de ninguém, é claro. Muito usado com longas distâncias. Esta o Cretino já usava na 5a. série…
- PÉZÃO: Semelhante ao SINALIZADOR, porém utiliza-se os pés para sinalizar e com distâncias mais generosas.

COMO COLAR:

1. Arranje um COLADO para você;
2. Reze para que um OTÁRIO bem OTÁRIO aplique sua prova;
3. Escolha um método que você mais se identifique;
4. Não sente do lado de nenhuma garota bonita, há risco de desconcentração na hora mais vital da cola;
5. Não assobie;
6. Não encare muito o professor;
7. Relaxe; Mas não tanto;
8. Não coce o saco, essa é uma atitude muito suspeita;
9. Certifique-se que o professor não esteja prestando atenção;
10. Ponha o plano em prática;
11. Cole, cole e cole até não poder mais. Depois cole de novo só para ter certeza;
11. Tente entregar a prova antes do COLADO, assim vai parecer que ele colou de você;
12. Depois disso, devido a seu grande esforço intelectual, faça pipi e vá para um boteco beber uma gelada pois ninguém é de ferro;

O BIOTIPO DO BOM COLADOR:

Após muitos estudos e pesquisas, a PUM-BVM (Pontifícia Universidade Manjada da Boa Vida Mansa) conseguiu traçar o perfil do Bom Colador Brasileiro veja se você se encaixa nele:
- Uma pessoa que parece normal, porém exibe uma incrível capacidade mental para memorizar, perguntar ao professor, faz bastante anotações, só que na hora da prova leva sempre aquelas famosas COLAS e coloca atrás da prova!
- Olhos de águia, com os quais é possível enxergar a distâncias enormes as mais pequenas letras de todos os tipos de NERDS;
- Dedos calejados de tanto preencher os cartões de respostas depois das provas;
- Sempre usa camisas de mangas comprimidas, uma grande aliada na hora da prova;
- Olhar sempre atento para colados vacilões;
- Super Audição para evitar fiscais e professores indesejados por perto;
- Capacidades extra sensoriais, principalmente quando se comunica com outro bom colador;
- Caso você não tenha os esquemas para a prova e nem estudou pra ela. Nesse caso você tem duas opções:
– Primeira: Você é um grande vagabundo que não está nem aí pra nada. Então você não tem que se preocupar com nada, de preferência nem vá fazer a prova que isso só vai encher o seu saco…
– Segunda: Você está numa situação desesperado, você é um "sem futuro", irresponsável que pensa que vai se dar bem sem estudar ou sem colar, então:
· Pode se desesperar que é certo que você não vai passar.
. Vá a Igreja, templo, sinagoga, mesquita, terreiro de macumba ou uma tenda mais próxima e reze muito!!

Nota do Pergunto: Aqui em Recife chama-se FILAR e não COLAR….
Nota do Zéca-Pitão: Aqui em Recife chama-se FILAR e não COLAR….
Nota do Cretino: Pára de Colar, ó Zéca…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhar