26 de fev de 2011

Guia da Vida a Dois Para Mulheres

Namoro:
Ao chegar num local e vê-lo conversando com uma amiga, aproxime-se e diga: "Olá, sinto muito, mas sou a namorada dele."
Quando ele estiver mais alegre e brincalhão do que de costume, pergunte: "Você bebeu?…"
Choramingue.
Peça para ver as fotos da infância dele; rasgue todas e anuncie: "Sua vida começou no dia em que conheceu."
Convença-o de que sabe cortar cabelo, e corte o dele.
Ao chegar para um encontro, vá logo perguntando se ele não tinha outra camisa.
Encha-o de presentes e pergunte de 5 em 5 minutos se ele adorou.
Chore no cinema sempre que aparecer um casamento.
Faça comparações em público entre ele e o seus ex-namorados.
Diga, a qualquer pretexto, que os homens são todos iguais.
Mantenha-o a distância para que ele não prejudique seu penteado.
Quando ele a beijar de repente, queixe-se de que ele borrou seu batom.
Depois de jantarem juntos, convide-o com ar de cúmplice para ir ao seu apartamento. Convença-o a comer meio bolo de chocolate, e depois avise que está morrendo de sono.
Nas reuniões entre amigos, sempre que alguém mencionar uma ex-namorada dele, feche a cara e fique emburrada o resto da noite.
Numa festa com a sua turma, apresente-o a todo mundo, menos aos seus ex-namorados.
Esqueça o time para qual ele torce, e dê-lhe a camisa errada.
Pergunte insistentemente em que ele está pensando.
Pergunte se ele já teve alguma experiência homosexual.
Insista na pergunta, explicando a ele que não tem nada demais.
Se ele finalmente admitir que sim, saia contando para todo mundo.
Após o casamento:
Conserve uma foto do seu ex-marido de sunga com o bebê nos braços. Diga que é por causa do bebê.
Sempre bata fotos no momento em que ele fizer careta. Quando ele se queixar de que saiu com cara de idiota, diga: "Mas amorzinho, você é assim!…"
Pergunte se, por acaso, ele já fez testamento.
Família e amigos:
Cochiche sem parar com suas amigas, dê gargalhadas espalhafatosas, e quando ele perguntar o que é, diga: "Nada.".
No dia que ele tirar férias, anuncie que sua mãe vem passar "algumas semanas" com vocês.
Quando ele sugerir que a mãe dele passe uns dias com vocês, responda: "Não acha que minha mãe já traz bastante complicações para nós dois?".
Boceje obstensivamente quando estiverem recebendo os amigos dele.
Feriados e aniversários:
Dê duas camisas de presente a ele, e quando ele vestir uma pergunte por que não gostou da outra.
Quando ele lhe der de presente um videocassete, diga: "Ih, a Ana Lúcia falou que essa marca é uma porcaria.".
Na cama:
Deixe-se acariciar por meia hora, e depois decida que está com sono.
Durma com um gravador ao lado, para provar que ele ronca.
No momento culminante, murmure ao ouvido dele: "Case comigo".
Peça a ele para revelar suas fantasias eróticas, e quando ele terminar, diga: "É incrível como os homens não tem imaginação".
Quando ele disser que andou pensando em fazer troca de casais, diga: "Já estou com tudo armado, estava só esperando que você sugerisse".
Se ele hesitar diante de alguma coisa, diga: "Então é porque não me ama".
Tenha um acesso irresistível de tesão quando ele se prepara para assistir a final do Campeonato Brasileiro.
Quando ele estiver muito excitado, queixe-se de que ele está sendo vulgar.
Ache graça no modo que ele geme.
Momentos românticos:
Apaixone-se por um galã da TV ou do cinema, e tenha chilique toda vez que o avistar.
Fique de cara emburrada durante dois dias, porque lembrou de algo que ele fez no ano passado.
Sempre que a Michelle Pfeiffer aparecer, diga: "Pena que seja tão má atriz, coitada".
Sempre que o Richard Gere aparecer, suspire e murmure: "Isso sim!…".
Implore para que ele tire a barba. Quando ele ceder, diga que ficou horrível.
Pergunte-lhe 20 vezes por dia: "Você me ama?".
Pergunte-lhe 30 vezes por dia: "Você nunca amou outra mulher, né?".
Saia à tarde dizendo que vai ao cinema, e volte no começo da noite cheirando a sabonete e xampu.
Vida doméstica:
Deixe bem claro que a masculinidade dele está diretamente ligada à capacidade de consertar um vazamento na cozinha.
Quando uma tomada estiver dando curto-circuito ele não souber o que fazer, diga: "Precisamos chamar um homem para consertar isto".
Fique à beira de um ataque de nervos toda vez que ele pegar o bebê no colo.
Lembre-se de repente que não paga o seu cartão de crédito há cinco meses.
Num dia chuvoso, obrigue-o a usar sua sombrinha que tem Bambis estampados.
Quando ele lhe pedir para gravar algo na televisão, programe o vídeo de forma que ele corte os últimos 5 minutos do programa.
Ponha gasolina no carro a álcool.
Prometa às crianças que "O papai vai levar vocês sim, sim, claro que vai".
Coloque um vaso com água e flores em cima do computador dele.
Quando ele fizer um churrasco para os colegas do escritório, aproveite para estrear o novo fio-dental.
Compre um quadro por uma fortuna na feira hippie, e assegure que em 10 anos aquilo vai valer uma fortuna.
Quando tiver que levar o carro à oficina, ponha um shortinho e uma miniblusa.
Quando ele viajar, aproveite para fazer uma faxina, e jogue fora aquela montanha de gibis velhos que estavam esquecidos na garagem.
Quando resolverem passar um fim de semana fora, faça cinco malas de roupas.
Vida social:
Desmaie em público.
Cinco minutos antes do início da peça de teatro, esteja ainda em casa, experimentando um batom diferente.
Adormeça no teatro.
Durante a peça de teatro, amasse sem parar o celofane das pastilhas de menta.
Escolha algum episódio grotesco na vida dele, e conte-o toda vez que estiverem numa roda de desconhecidos.
No restaurante, peça para ele escolher seu prato, e depois diga que não gostou.
Obrigue-o a levá-la para uma gafieira, e chegando lá dance com todo mundo, menos com ele.
Quando ele a levar ao Maracanã, peça que ele a acompanhe ao banheiro, aos 35 minutos do segundo tempo.
Quando ele contar uma piada e todo mundo rir, espere que façam silêncio e diga que não entendeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhar