26 de fev de 2011

Pum no elevador


Como Evitar o Pum no Elevador
 Use as Escadas
Um método simples, eficiente e extremamente seguro é deixar de usar o elevador e começar a utilizar a escadaria do prédio. Além de se livrar da hipótese de ter que agüentar gases mal-cheirosos alheios, você fará mais exercícios e poderá até presenciar cenas proibidas em elevadores. Se, subindo as escadas, você continuar sentindo cheiros suspeitos, isso só pode significar uma coisa: Quem soltava os puns no elevador era você!
TreinamentoPasse alguns anos no Sudeste Asiático treinando com renomados mestres ninjas. Com um treinamento adequado, em no máximo dez ou quinze anos você será capaz de controlar a emissão do gás nauseante com a mente, estabelecendo um domínio completo do esfíncter, transformando o anel de couro numa perfeita válvula monitora acionada pela força do pensamento.
Precaução
Para os que não têm talento ou disposição, a melhor forma de evitar o pum no elevador é andar com uma garrafa vazia de Coca-Cola dois litros e meio no bolso. Quando sentir que o pum está na porta (do fiofó, não do elevador), abra a garrafa disfarçadamente e solte o pum dentro dela. Em seguida, pare em algum andar desconhecido, solte a garrafa por lá e volte correndo para o elevador. Cuidado, pois a combinação de gás de Coca-Cola com essência de pum forma um poderoso explosivo e a qualquer descuido, tudo (inclusive o seu pum) pode ir pelos ares.
 Coloque a Culpa na Velhinha
A última e mais utilizada opção é acusar a velhinha que está ao seu lado no elevador. As velhinhas, em geral, ficam tão amedrontadas e envergonhadas com a situação que acabam se esquecendo de negar a paternidade da “criança”. Você também pode contar com a possibilidade dela acreditar que foi ela mesma que soltou o pum, já que ela não anda segurando muita coisa com o seu fiofó aposentado. Mas, claro, essa última opção só vai funcionar se você, antes, já não tiver matado a pobrezinha com o terrível cheiro do seu pum!…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhar